Muito mais do que empilhar tijolos ou montar estruturas metálicas, construir é uma missão elaborada que requer análise de cálculos, detalhamento estrutural, tomada de decisões, entre outros fatores que fazem toda a diferença no produto final da obra. Diante disso, o projeto de construção de uma obra torna-se indispensável, quando custo, tempo e exploração de recursos são itens fundamentais ao construir. O que é e para que serve um projeto de engenharia? O projeto é um dos elementos fundamentais do processo de produção no setor da construção. É neste momento que são feitas as escolhas que vão direcionar a obra: definições de materiais, custos unitários, serviços, profissionais, entre outros aspectos que compõem o momento construtivo. O projeto de engenharia é o guia de execução de uma obra. O projeto prevê e direciona como, quando e por quem as operações serão realizadas.
Com o estudo do projeto de construção da obra, as previsões são mais precisas, o processo pode ser otimizado, e o bom resultado tem maior garantia. Na fase de projeto, ainda podem ser estudadas soluções para uma melhor eficiência das edificações. A partir de planejamentos, cálculos e levantamentos é possível:
•Evitar surpresas durante a execução;
•Desenvolver diferenciais competitivos;
•Antecipar situações desfavoráveis;
•Agilizar as decisões;
•Aumentar o controle gerencial.
O PLANEJAMENTO de obra inclui decisões a respeito dos seguintes tópicos:
•Prazos;
•Qualidade;
•Segurança;
•Meio Ambiente.
EXECUÇÃO
•Viabilização do empreendimento (técnica de custos);
•Coordenação do projeto;
•Planejamento das ações construtivas;
•Gestão da qualidade;
•Segurança e meio ambiente;
•Gestão de mão de obra qualificada.
Para garantir o bom andamento do empreendimento, além das recomendações acima sugeridas, é preciso seguir algumas normas básicas, fundamentais em qualquer realização. Destacam-se:
Bom senso: agir dentro do combinado, com discernimento do que é certo e errado e com coerência, levando em conta o planejado durante a fase do projeto;
Experiência: agir de forma eficiente, tirar proveito daquilo que já foi vivido, do que já é conhecido e da qualificação dos envolvidos;
Honestidade: agir com o compromisso e não esconder problemas/obstáculos que podem surgir ao longo da execução do empreendimento;
Transparência: mostrar clareza nas atitudes e cumprir com o que foi planejado;
Ética: como em toda a prática, a conduta ética é indispensável para o êxito de qualquer empreendimento. A fase de elaboração de projeto e sua execução quando trabalhadas de forma eficiente, visando sempre o bom rendimento dos materiais e da mão de obra qualificada, traz para o empreendimento resultados altamente satisfatórios. Sendo no canteiro de obras ou no escritório de engenharia, um bom Projeto faz toda diferença, quando o assunto é Construção Inteligente.