É incrível como os homens têm preconceito com o Método Pilates, não é mesmo?! O que eles talvez não saibam é que o Método foi criado por um homem e para homens. Joseph Pilates era um atleta de alta performance, praticava boxe, atividades circenses e ginástica. Seu método baseia-se em filosofias e técnicas de artes marciais, fisiculturismo, e diferencia-se por trabalhar intensamente a região central do corpo, enquanto fortalece e alonga o restante dos membros através de contrações concêntricas, excêntricas e isométricas. Há uma ideia de que para garantir músculos fortes e definidos, é necessário pegar pesos exorbitantes e, isso, é um grande erro.
O Pilates pode ser tão pesado e intenso como qualquer outro treinamento de força que os homens já possam ter tentado, utilizando apenas o peso corporal ou a resistência das molas. O problema é que, por esse preconceito já existente, os homens acabam procurando o Pilates apenas quando estão com alguma dor, desconforto ou lesão já instalada. Exemplos de benefícios:
– Exercícios na academia se tornam mais efetivos, combinando a execução dos movimentos com a respiração adequada;
– O Pilates ajuda a entender a importância de exercícios feitos com alinhamento postural correto. Isso faz com que as aulas na academia sejam mais intensas.
– Redução de dores na coluna cervical, através do correto alinhamento postural e fortalecimento muscular.
– Melhora na flexibilidade, aumentando a amplitude de movimento e, por consequência, a sua performance em outra atividade física.
– E redução de dores na coluna lombar, aumentando a qualidade de vida e proporcionando bem- estar.
Esses são apenas alguns benefícios que você pode ter ao incluir na sua rotina as aulas de Pilates. Está esperando a dor piorar ou a performance diminuir? Não faça isso não! Agende uma visita e apresente ao seu corpo o Bem-Estar que você deseja e a Saúde de que você precisa!