Por Alana Motta

Depois do sucesso do rosa Millennial, as empresas responsáveis por avaliar tendências, como por exemplo a WGSN, têm pensado bastante nos tons neutros.
É o caso da nova cor prevista para ser a aposta do próximo ano 2020: o Neo Mint, uma tonalidade leve, fresquinha, que transmite uma sensação de otimismo.
Por que essa pigmentação?
O verde suave, com sua nuance limpa e pura, alia ciência, natureza com a tecnologia. A cor que tem tudo para dominar a moda, a decoração e o design.
Você já notou a quantidade de filmes sobre ficção científica e realidade virtual que foram lançados nos últimos anos? Ou até mesmo criação de assistentes virtuais, como por exemplo; Alexa, da Amazon, e a Siri, da Apple. E em outra vertente, você já percebeu o quanto a necessidade de estarmos conectados com a natureza, o verde, o vegetal, o simples, está cada vez mais forte? Esse é o propósito no NEO MINT, não ser apenas uma nova tonalidade de cor tendência e sim mostrar que 2020, um ano que apenas sonhávamos como um futuro distante, já está presente com sua tecnologia e ciência em nossas casas, em nossas mãos e talvez você nem se deu conta.
Do ponto de vista da moda, o NeoMint incorpora o impulso em direção ao apelo neutro em termos de gênero, e, inclusive, terá superado os tons mais femininos na entrada desta década.
Na arquitetura e interiores, a tonalidade tem liberdade para ser usada em qualquer ambiente, de diversas formas. A proposta limpa é o par perfeito para a escolha dos móveis, sempre de linhas simples e formas arquitetônicas. Use tons da mesma paleta, verdes mais claros ou mais escuros, teto ou parede, para formar um ambiente totalmente futurista ou natural, sem cair no óbvio.
Ao contrário do que muitos pensam, o verde combina com diversas outras tonalidades na decoração, se harmoniza tanto com cores mais quentes, como laranja, rosa, amarelo e também com tons mais frios, como o azul e o lilás.
E Você, já está preparado para 2020? Para os curiosos e para você que quer saber o que teremos em breve, este será o ano em que a Mars 2020 Rover da NASA começa sua missão para checar se Marte pode sustentar a vida microbiana e talvez um dia ser habitável para seres humanos. Será também o ano da conclusão do Jeddah Tower, na Arábia Saudita, o prédio mais alto do mundo, com 1km de altura e 530mil m² de área, abrigando um hotel, escritórios e condomínio residencial de luxo e poderá ser também o ano em que a Uber apresentará “táxis voadores” em Los Angeles e Dallas.