As construções sustentáveis são caracterizadas pelo emprego de técnicas conscientes e utilização dos recursos disponíveis de forma equilibrada. O que possibilita satisfazer as necessidades sociais, sem que para isso seja preciso prejudicar o meio ambiente. À primeira vista, podem parecer procedimentos sofisticados e caros, porém muitos deles são utilizados para baratear a obra. Isso mesmo! Além de ganho ecológico, ainda se pode ter ganho financeiro.
São projetos inteligentes, que aproveitam as características do terreno e da natureza, como iluminação solar natural, para poupar o uso de lâmpadas e a ventilação natural, o que evitar o desperdício de energia elétrica.
Redução da poluição, com reaproveitamento de materiais, redução de desperdícios, uso de ferramentas estruturais inteligentes (andaimes de metal reutilizáveis ao invés dos de madeiras), separação das sobras de construção, pedaço de concreto, tijolos, tocos de madeira e aço, para reaproveitamento e reciclagem.
Aproveitamento da água. Em nossa região chove sempre, e a água sendo um dos bens mais preciosos da humanidade, pode ser facilmente estocada em cisternas e caixas d’água, para receber tratamento e, em seguida, ser usada em diversas tarefas da casa. O desperdício também pode ser evitado através do uso de encanamentos de maior resistência e modelos de torneiras eficientes.
Materiais ecológicos. A opção do uso de plásticos reciclados, madeira de reflorestamento, concreto reciclado são opções de materiais que podem ser usados pela engenharia civil, para aumentar a sustentabilidade de uma construção.
Uma das formas de tornar um edifício mais econômico e sustentável é através da eficiência energética. Isso pode ser alcançado com uso de lâmpadas e eletrodomésticos econômicos, energia solar e melhor aproveitamento do calor e do frio (para evitar a necessidade de uso de ar condicionado).
Os desafios para o setor da construção são diversos; porém, em síntese, consistem na redução e otimização do consumo de materiais e energia, na redução dos resíduos gerados, na preservação do ambiente natural e na melhoria da qualidade do ambiente construído.
A construção sustentável é de extrema importância, não somente para a sociedade atual, mas também para as gerações futuras. Optar por projetos e construções sustentáveis favorece a natureza e a qualidade de vida.