Ela tem 16 anos e mais de 87 mil seguidores no Instagram.
Jordanna Maia é uma adolescente normal. Ela estuda, sai com as amigas, gosta de maquiagem e todas aquelas novidades do universo juvenil, inclusive ficar on-line o tempo todo. Mas a rotina de digital influencer é bem diferente e exige planejamento e foco. Ela é um sucesso na internet e já se tornou uma embaixadora de marcas famosas e trabalha como modelo. Tudo isso, viajando pelo país e conciliando a rotina com os estudos. É claro que para ganhar o mundo, a adolescente conta com o acompanhamento direto da mãe. Jucelaine Maia é quem fica de olho em tudo o que a jovem faz, também cuida dos contratos e das questões burocráticas.
“A Jordanna tem uma maturidade de não se expor tanto. Então eu me preocupo mais em mostrar como ela deve agir com responsabilidade. De cumprir aquilo com que ela se comprometeu,” explica a mãe.
A agenda cheia de compromissos faz com que mãe e filha estejam sempre juntas, e a troca de conhecimento entre as gerações sempre acontece. Em um ano Jucelaine aprendeu todas as funções das redes sociais, e Jordanna se viu inserida no universo empresarial da mãe. “Como ela é empresária, sabe o que a pessoa que está me contratando quer, então ela me ensina a ser profissional, a fazer o meu trabalho conforme o que a pessoa contratou. Ela sabe quando o negócio passa da linha ou quando eu tenho que ir mais adiante para dar um bom resultado,” destaca Jordanna.
A jovem encontra na mãe e irmãs o apoio que precisa. Na maioria das vezes, tudo o que ela precisa é também o que mais gosta de fazer, sair para fazer um lanche e bater um papo. Momentos que fortalecem os laços entre mãe e filha e que também permitem que a super digital influencer e modelo seja apenas a menininha da mamãe. “Na minha vida, minha mãe é minha base. Ela é a minha referência para a construção da minha personalidade,” revela emocionada. Para passar valores e ensinamentos positivos, Jucelaine intercala os papéis de mãe e empresária, dosando liberdades e limites. Mas, no fundo, ela entrega o jogo e conta que é a verdadeira seguidora e fã da filha. “Eu me sinto feliz porque é uma profissão que ela escolheu, sou uma mãe que permite que cada filho escolha o caminho a percorrer. Os filhos da gente precisam ser felizes, eu estou sempre aqui para apoiar e dar suporte”, concluí a mãe cheia de orgulho.