Você tem receio em fazer implantes dentários e enxerto ósseo? Então você precisa ler isto! Cresce a procura por tratamento odontológico com implantes de titânio para repor perdas dentárias que afetam a pessoa em diferentes aspectos. Este recurso, apesar de ser a primeira escolha de tratamento, devido a maior proximidade com a condição natural, ainda desperta muitas dúvidas e medos nos interessados. Vantagens significativas vão muito além da questão estética em comparação as próteses removíveis, desde questões funcionais como maior durabilidade, estabilidade e encaixe na mastigação, até aspectos sociais como autoestima elevada, conforto e aumento da qualidade de vida.
É o que afirma o implantodontista Thiago Maia, profissional com 8 anos de experiência e atuante em diversas clínicas em Belém e Castanhal. O Especialista afirma ainda que o planejamento e materiais de qualidade são fundamentais para um bom resultado. Isso porque o maior desafio hoje, em parte das reabilitações com implantes, é ganhar tecido ósseo perdido por conta de um longo período de ausência dentária. Como se ganha tecido ósseo? Através do Enxerto ósseo.“Existem variadas modalidades de enxerto ósseo, no entanto, disponibilizo aos meus clientes tecnologia de ponta e a expertise na obtenção da Fibrina Rica em Plaquetas e Leucócitos (L-PRF), uma membrana confeccionada do sangue do paciente, e, por ser do próprio organismo, potencializa a formação óssea’’ Afirma Dr. Thiago Maia. Em resumo, é importante sempre esclarecer com o seu profissional de escolha em relação a todas as possibilidades de tratamento, sendo de fundamental importância o planejamento inicial minucioso que inclui avaliação clínica, histórico de tratamento e exames radiográficos como a tomografia odontológica. Se você conhece alguém que teve o infortúnio de remover um dente, o certo é buscar orientações de um especialista o mais rápido possível, para evitar perdas ósseas que possam comprometer o resultado final.