Por Alana Motta

O ano novo começou, e junto com ele, carregamos uma lista de planos para colocar em prática. Dentre tantos, sempre tem o item de iniciar aquela reforma, continuar a obra que estava parada ou até mesmo fazer aquele projeto que estava programado. Afinal, um ano novo requer coisas novas! Pensando nisso, iniciaremos nossa primeira coluna do ano, instruindo você a entender o que precisa fazer antes de começar qualquer mudança no que diz respeito a arquitetura e decoração. Antes de tudo, busque conhecer o seu estilo e perfil, levando em consideração a realidade do seu cotidiano, seus hábitos e sua personalidade. Seu espaço precisa muito antes da estética, ter funcionalidade e identidade.
Identificando a sua individualidade como a principal chave, é possível compreender e se inserir de forma correta na diversidade de estilos de arquitetura, que são muitos! Nada melhor então, do que exemplificar objetos de decoração, texturas, e cores para traçar e identificar o perfil da sua decoração. Vamos conhecer alguns estilos?

O ESTILO CLÁSSICO é preenchido por peças opulentas, requintadas e de materiais nobres. Não poderia ser nada diferente disso, uma vez que esse estilo traz muitas referências greco-romanas. Resumindo o estilo clássico em uma palavra: Ornamentação. Combina com pessoas que querem trazer um tom mais sofisticado e requintado para sua casa e que gostam de acabamentos brilhantes, como mármore, dourado e prata.

 

Se você é daqueles que gostam de coisas simples, opta por um ambiente clean e prático, o estilo ideal para você compor o seu ambiente é o CONTEMPORÂNEO. Linhas retas, sem ornamentos ou formas complicadas, representam muito bem esse estilo. Muitos confundem moderno com contemporâneo. Mas a diferença básica destes dois, é que o contemporâneo segue a tendência da atualidade, ou seja, acompanha sua época. Permite incorporar vários elementos que estão em alta em um ambiente só.

Colorido, original, ousado, divertido e até mesmo descontraído é o ESTILO POP ART. Tudo é possível nesse ambiente, que a única regra é não ter regra. Remete a produtos industriais, fotografia de celebridades e referência a uma marca são elementos que fazem parte desta decoração. Todas as misturas se encontram nesse estilo, por isso, muito cuidado para não ficar cafona! Talvez seja um dos estilos mais bacanas e atuais, mas que requer maior cuidado na hora de pensar em compor um ambiente.

 

ESTILO EM ALTA: O INDUSTRIAL!! Surgiu em 1950 em Nova York, na decoração de lofts. Um estilo extremamente urbano. Para quem gosta de objetos de ferro, vidro, uso de madeira e vigas aparentes complementam este estilo funcional e moderno.