Por Leonell Batista
Fisioterapia e Quiropraxia Clínica

Quando se fala em fisioterapia desportiva, logo vem à mente o trabalho desenvolvido com atletas de grande performance, como jogadores de futebol profissionais, ginastas, entre outros que treinam exaustivamente para importantes competições. Mas na verdade, essa modalidade da fisioterapia é dedicada também para pessoas como eu e você que fazem caminhada, frequentam academia ou que praticam algum esporte por lazer.
O acompanhamento de um fisioterapeuta revela a necessidade de descanso para a musculatura, evitando aí problemas. Em muitos casos, o profissional faz uso do Recovery, que é uma terapia manual, onde a regeneração muscular do paciente é tratada. O Recovery permite um descanso de forma eficiente e um melhor desempenho nos dias seguintes.
No caso de pacientes que praticam exercícios de forte impacto como o crossfit, por exemplo, é possível identificar limitações e realizar procedimentos que melhoram movimentos reduzidos e possibilitam que os exercícios sejam feitos de forma correta, com menos risco de problemas e com melhores resultados.
Já atletas profissionais precisam ter um acompanhamento constante, pois até mesmo nos treinos, eles sofrem lesões. Cada contusão significa tempo afastado dos treinos, o que pode ser muito ruim para quem se prepara para grandes competições. E assim, a fisioterapia desportiva atua no relaxamento da musculatura e também para evitar a frequência de lesões.
Se a atividade física faz parte da tua vida, é fundamental ter consciência da importância de ter o acompanhamento de um fisioterapeuta, que é o profissional que vai te dar ferramentas para curar dores e preveni-las também.