Junho é um mês festivo e especial para toda a equipe da revista Janela VIP. Há exatamente um ano nossa janela se abriu para esse circuito maravilhoso! Passou tão rápido, nem percebemos… já é a nossa 12ª edição, e se fosse um casamento estaríamos comemorando bodas de papel com você leitor. E para celebrar o encanto do mês dos namorados de maneira especial, convidamos o casal Monique e Márcio para nos inspirar com uma história de persistência, respeito e carinho. Por isso, são excepcionalmente nossa #SacadaVIP este mês, afinal o amor é Very Important. Tudo começou em 2013 quando Márcio, propagandista vendedor, visitava médicos em Paragominas. Monique era recepcionista da clínica, mas muito séria, não dava brechas para que o rapaz se aproximasse. Após meses de visitas e tratamento formal, foi uma caneta emprestada que abriu o sorriso e o coração de Monique. Foi após uma carona que o primeiro beijo aconteceu. E então começou um namoro à distância, afinal Márcio morava em Castanhal e Monique em Paragominas. Para se encontrarem eles enfrentavam mais de três horas de viagem. Os 241 km que os separavam também os fortaleciam. “Desde a primeira vez que ele se despediu de mim eu percebi que não podia viver sem ele. Sabe aquele momento que a pessoa vai embora e parece que levou um pedaço de você junto? Foi bem assim”, relata Monique ao perceber que estava apaixonada. Logo ela teve que vir estudar em Castanhal e tudo ficou mais fácil. A cumplicidade aumentando e as responsabilidades também. E há um ano tomaram a decisão mais importante de suas vidas e decidiram subir ao altar. Márcio não esconde o quanto é encantado pela noiva, ele recorda todas as datas de primeiros encontros, mudanças e viagens.
O farmacêutico lembra que foi durante um pequeno desentendimento que caiu a ficha de que Monique era a mulher certa para ele. “Nesse dia percebi que deveria valorizar ainda mais a pessoa que estava comigo, pois certamente se não o fizesse, iria perder o amor da minha vida”, conta. E após tantas viagens, experiências e aventuras os pombinhos se preparam para subir ao altar agora em junho. Conscientes de que formar uma família é atender um pedido divino de compartilhar cumplicidade e amor para novas gerações.Junho é um mês festivo e especial para toda a equipe da revista Janela VIP. Há exatamente um ano nossa janela se abriu para esse circuito maravilhoso! Passou tão rápido, nem percebemos… já é a nossa 12ª edição, e se fosse um casamento estaríamos comemorando bodas de papel com você leitor. E para celebrar o encanto do mês dos namorados de maneira especial, convidamos o casal Monique e Márcio para nos inspirar com uma história de persistência, respeito e carinho. Por isso, são excepcionalmente nossa #SacadaVIP este mês, afinal o amor é Very Important. Tudo começou em 2013 quando Márcio, propagandista vendedor, visitava médicos em Paragominas. Monique era recepcionista da clínica, mas muito séria, não dava brechas para que o rapaz se aproximasse. Após meses de visitas e tratamento formal, foi uma caneta emprestada que abriu o sorriso e o coração de Monique. Foi após uma carona que o primeiro beijo aconteceu. E então começou um namoro à distância, afinal Márcio morava em Castanhal e Monique em Paragominas. Para se encontrarem eles enfrentavam mais de três horas de viagem. Os 241 km que os separavam também os fortaleciam. “Desde a primeira vez que ele se despediu de mim eu percebi que não podia viver sem ele. Sabe aquele momento que a pessoa vai embora e parece que levou um pedaço de você junto? Foi bem assim”, relata Monique ao perceber que estava apaixonada. Logo ela teve que vir estudar em Castanhal e tudo ficou mais fácil. A cumplicidade aumentando e as responsabilidades também. E há um ano tomaram a decisão mais importante de suas vidas e decidiram subir ao altar. Márcio não esconde o quanto é encantado pela noiva, ele recorda todas as datas de primeiros encontros, mudanças e viagens.
O farmacêutico lembra que foi durante um pequeno desentendimento que caiu a ficha de que Monique era a mulher certa para ele. “Nesse dia percebi que deveria valorizar ainda mais a pessoa que estava comigo, pois certamente se não o fizesse, iria perder o amor da minha vida”, conta. E após tantas viagens, experiências e aventuras os pombinhos se preparam para subir ao altar agora em junho. Conscientes de que formar uma família é atender um pedido divino de compartilhar cumplicidade e amor para novas gerações.