‘‘Nós somos pais participativos nas atividades que a escola oferece, como reuniões e momentos pedagógicos. Vemos a participação efetiva dos pais em todas as atividades e assim, podemos estar sempre presentes, sem perder nenhum momento da educação dos nossos filhos’’.
Jeferson Melo e Michele Melo

“Quando fomos escolher uma escola para nossas filhas, não abrimos mão de que ela fosse uma extensão da nossa casa. Buscamos um lugar que tivesse ensinamentos para uma profissão e também o cuidado com a educacão comportamental e respeito ao outro. Isso nós encontramos no “Betel”.
Ernani e Adriana Feduniv

Não é teoria, não é uma opinião. A assistência familiar é uma prova concreta de que a educação na escola é a extensão daquela recebida no lar, dos pais; e, se este contrato permanecer, ou seja, pais e escola juntos; a tendência é acertar no processo de aprendizagem do estudante!
Por isso, as portas do “Betel”, estão sempre abertas para receber as famílias e então, transformar o processo de aprendizagem em algo que seja prazeroso.